BLOG

 

Salar de Uyuni: conheça o maior deserto de sal do mundo!

30 de dezembro de 2019 • Destinos • POR Daniela Marin
Salar de Uyuni Bolivia
30 dez

Geralmente, um dos principais motivos para uma viagem à Bolivia ou mesmo um mochilão Bolivia, é conhecer o Salar de Uyuni. Sem dúvidas, a região que compreende o maior deserto de sal do mundo possui paisagens deslumbrantes de tirar o fôlego, o que justifica toda a sua fama e procura por todo e qualquer tipo de viajante.

O que muitas pessoas não sabem é que você pode escolher fazer passeios de 1, 2, 3 ou até mesmo 4 dias pela região do Salar de Uyuni, de forma privativa ou em grupo. Nesses passeios, além de conhecer o Salar propriamente dito, o tour inclui várias paradas em locais de interesse e que irão te proporcionar experiências únicas para guardar na memória.

Nesse post, vou contar nosso roteiro de 3 dias em grupo com a agência Red Planet Expedition, que foi a maneira que nós escolhemos para conhecer a região. Para escolher a agência que irá te acompanhar, pesquise bastante, leia as avaliações das pessoas, pois opções são muitas e com preços variados. Como já falei anteriormente, eu costumo pesquisar no Tripadvisor as avaliações dos viajantes e nos blogs de viagem. A nossa experiência foi muito boa e eu recomendo a agência que escolhemos.

Salar de Uyuni tour

Quando ir ao Salar de Uyuni

A região do Salar de Uyuni pode ser visitada durante todo o ano, o que muda de fato é a temperatura que será bem menor na época de inverno. De dezembro a março são os meses mais quentes, com máxima de 21 graus. O período de chuvas mais intensas é janeiro, por isso dizem que há grande chance de ter passeios cancelados nessa época pelas agências.

Geralmente, entre fevereiro e março, ainda considerado período de chuva, há maior chance de você pegar o salar espelhado, devido ao acúmulo das águas sobre o chão de sal.

Os meses de abril, maio, setembro, outubro e novembro são considerados meses de meia estação, com temperaturas menos extremas e com chuvas pouco prováveis, ou seja, época de encontrar o Salar de Uyuni mais seco.

Os três meses mais gelados são junho, julho e agosto, com mínimas de -15 graus celsius. Nessa época, o frio é bem intenso e a possibilidade de chuva é mínima.

Por questões de férias e para evitar o período de chuvas, nós fizemos essa viagem em Julho. Entretanto, conseguimos pegar todo o tipo de clima. No primeiro dia nevou e chegou a -20 graus celsius, coisa que não acontecia na Bolivia há uns 4 anos. (frio de lascar gente!).

Pela madrugada parece que choveu também, ou seja, conseguimos ver o Salar espelhado no terceiro dia. Mas também chegou a fazer um céu azul e um sol lindo, todavia não esquentou… pegamos muito frio mesmo nesse passeio. É necessário ir com roupas bem confortáveis e quentes.

Salar de Uyuni Bolivia

Como ir ao Salar de Uyuni

Para você chegar no Salar de Uyuni existem algumas maneiras. A primeira é fazer o combo Atacama e Uyuni, ou seja, sair de San Pedro de Atacama, no Chile, rumo à Bolivia. Eu descarto essa opção, pois como já falei anteriormente, tanto o Chile quanto Bolivia merecem um roteiro completo pelo país. Então, como já tínhamos feito um mochilão de 18 dias somente pelo Chile, dessa vez decidimos por um mochilão de 15 dias só pela Bolivia.

A segunda opção é voar até La Paz e depois voar até a cidade de Uyuni com as companhias locais. Por último, é possível ir de ônibus até Uyuni (existe a opção de ônibus leito noturno).

Escolhemos a terceira opção, pois já estávamos no país explorando outras localidades, pensamos que ir se deslocando de ônibus entre os destinos seria a melhor forma de explorar.

Como já falei no post anterior do Mochilão Bolivia, nós voamos de Santa Cruz de la Sierra até Sucre (Cia áerea BOA) e depois de conhecer a cidade, fomos de ônibus até a cidade de Uyuni.

Viagem a Uyuni

Esse era um ônibus bem precário, sem banheiro. Para meu azar, eu comecei a passar mal minutos antes de embarcar nessa viagem, que durou 9 horas numa estrada linda e cheias de curvas…(ainda bem que eu tinha uma sacola plástica na bolsa) kkkkk

Eu perguntei ao motorista se havia paradas no caminho para ir ao banheiro e ele disse que sim. Como eu fui passando mal a viagem toda, não via a hora de chegar numa dessas paradas… e para minha surpresa, quando chegamos, ele encostou na estrada e os bolivianos começaram a descer, enquanto alguns poucos turistas ficaram esperando dentro do ônibus…perguntei ao motorista onde estava o banheiro, pois não via nada além de acostamento e estrada. Ele apontou para o mato, onde pude ver as “cholitas” levantando suas saias típicas e fazendo suas necessidades ali mesmo na frente de todos.

Enfim, para quem já fez trilha ou acampou, sabe como funciona!!! Kkkk

Laguna Canapa Bolivia

Nós chegamos no começo da noite na cidadezinha de Uyuni e com os mochilões nas costas, fomos procurar a agência para fechar o passeio para os próximos 3 dias. Após confirmada a reserva, pegamos um taxi até o hostel, pois ele não era tão próximo do centrinho como imaginei além do que eu tinha que poupar a energia pois havia passado mal durante toda a viagem, ainda por cima com o mochilão nas costas. Para minha surpresa e sorte, foi só descer do ônibus e parar de sacolejar nas altitudes dos Andes que eu passei a me sentir melhor.

Felizmente, deu até para sair e comer uma pizza a noite!

Tour de 3 dias pelo Salar de Uyuni

O Salar de Uyuni é um espetáculo da natureza com aproximadamente 12 mil quilômetros quadrados. O tour pelo salar é um destino que te proporciona uma viagem completa pelos Andes.

Saindo pela manhã, no horário combinado, fomos de 4×4 com nosso grupo, que incluía 2 americanas e 2 canadenses, australianos, franceses e chineses divididos em 2 veículos, além do nosso guia, uma simpatia por sinal, da empresa Red Planet Expedition.

Laguna Hedionda Bolivia

DIA 1

A primeira parada foi no tão conhecido cemitério de trens. Já localizado no deserto da planície andina, onde podemos tirar fotos com os trens que foram completamente abandonados durante a crise de 1929 (quase um museu a céu aberto).

Cemiterio de Trens Uyuni

Cemitério de Trens – Salar do Uyuni

Cemitério de Trens Bolivia

A próxima parada ficava num pequeno povoado chamado Colchani para visitar a feira de artesanato local e almoçar em restaurante de sal. Toda a comida estava inclusa no passeio e apesar de bem simples, estava bem gostosinha. Eu confesso que levei um monte de biscoitos na mochila, pois sou super difícil de comer, mas me alimentei bem durante todo o tour.

A terceira parada, logo depois do almoço, ficava na praça das Bandeiras e no Museu de Sal (antigo hotel), onde está o famoso monumento em homenagem ao Rally Dakar.

Praça das Bandeiras Uyuni

Praça das Bandeiras – Salar de Uyuni

Rally Dakar Uyuni

Monumento Rally Dakar – Uyuni

Após um bom tempo para muitas fotografias, seguimos com nosso 4×4 em grupo para dentro do Salar, onde fizemos uma parada estratégica para aquelas fotos de perspectiva.

Salar de Uyuni Bolivia

Salar de Uyuni – Bolivia

Salar de Uyuni

A última parada do dia foi na Ilha Incahuasi, uma ilha de cactos no deserto. O lugar parece um oásis no meio de tanto sal.  A entrada é paga a parte e você pode caminhar pela ilha e ter uma vista panorâmica do Salar de Uyuni, além de observar milhares de cactos de diversos tamanhos. O local ainda oferece banheiros e uma cafeteria. É lógico que paramos lá para tomar um café, porém tomamos um chá pois não havia café….kkkk

De lá, seguimos rumo ao nosso hotel de sal. Fomos recebidos com chá, café e biscoitos. De noite, tivemos um jantar servido no próprio hotel. Depois banho para quem tiver coragem e dormir para descansar para o segundo dia de passeio.

Ilha Incahuasi

Ilha Incahuasi – Uyuni

Hotel de Sal Bolivia

Hotel de Sal – Bolivia

DIA 2

No segundo dia do passeio, acordamos e vimos que tinha chovido e nevado a noite inteira, toda a paisagem estava tomada por neve e por esse motivo, nosso guia e motorista tiveram que alterar o roteiro.

A nossa primeira parada foi numa pequena vila, onde alguns turistas puderam parar num mercadinho para comprar bebidas e biscoitos e até mesmo brincar com a neve que era abundante.

A segunda parada do dia foi numa linha de trem com outros trens abandonados na fronteira com o Chile, onde a paisagem da Cordilheira dos Andes foi impressionante.

Fronteira Chile Bolivia

Fronteira Bolivia – Chile no Salar de Uyuni

Salar de Uyuni Bolivia

Cordilheira dos Andes

Seguimos passando por paisagens incríveis, acompanhando a Cordilheira dos Andes e tentando desviar do caminho principal que ainda estava tomado pela neve. A parada do almoço foi estrategicamente escolhida pelo nosso guia, no entanto fazia tanto frio, mas tanto frio que a maioria resolveu comer dentro do carro e assistir da janela aquele deslumbre da natureza. Eu comi dentro do 4×4 também para conseguir tirar a luva, mas pude descer e curtir o visual depois toda cheia de roupa e aproveitar para tirar algumas fotos.

Depois da parada de almoço, seguimos em direção às lagunas. A nossa parada foi na Laguna Cañapa, uma belíssima lagoa onde podemos observar e fotografar os flamingos que mais parecem uma pintura. Senti tanto frio esse dia que nunca vou me esquecer do vento mais congelante que já peguei na vida….kkkkk

Visitamos, ainda, a Laguna Hedionda, fronteira com o Chile e não a Laguna Colorada como a maioria faz durante esse tipo de tour. A Laguna Hedionda também foi uma grata surpresa, uma paisagem tão linda, difícil de descrever e mais uma vez rodeada por centenas de flamingos. A questão da neve impediu alguns acessos e fez com que nosso tour passasse por regiões menos exploradas, o que foi muito interessante também.

Nossa última parada do dia foi no Vale das Rocas, inserido na região do deserto, composto por inúmeras formações rochosas esculpidas pela natureza. De lá, partimos para nossa hospedagem no meio do nada no Salar de Uyuni. Quase uma aldeia abandonada que serve de passagem e hospedagem. Um lugar super simples, tipo mochilão raiz mesmo. Serviu para banho ou quase banho, jantar e noite de confraternização com o grupo, ou seja, diversão garantida!

Uyuni - Bolivia

Tour Salar do Uyuni

Laguna Cañapa Uyuni

Laguna Cañapa – Salar de Uyuni

Laguna Cañapa Bolivia

Dia 3

Após nosso café da manha em grupo na hospedaria, seguimos para o último dia do nosso passeio. Esse dia amanheceu lindo, com um céu azul e um sol radiante e até um pouco menos frio.

Seguimos para uma região montanhosa onde fizemos uma parada para ver as llamas que enfeitam toda a região e a estrada no local com sua beleza e show de fofura. Para quem gosta de animais, momento único de contemplação. Imaginem a emoção da criança, quero dizer, do meu marido! Kkkkk

Em seguida,  passamos para conhecer o povoado de San Cristobal e logo depois seguimos para conhecer a cidade fantasma de Julaca ou Chiguana, um lugar totalmente abandonado e que rende ótimas fotos.

Llamas Bolivia

Cidade Fantasma Bolivia

Para finalizar o passeio com chave de ouro, vem a cereja do bolo, voltamos ao meio do Salar de Uyuni para, finalmente, pegar o salar espelhado, por conta da chuva da noite do primeiro dia.

Resumindo, pudemos almoçar fazendo um piquenique com a turma naquela paisagem deslumbrante e mais uma vez, descontrair e ainda tirar mais algumas centenas de fotos com o maravilhoso reflexo que se formou daquela paisagem incrível!

Salar de Uyuni Bolivia

Salar de Uyuni – Bolivia

Uyuni - Bolivia

Salar de Uyuni espelhado

O Salar de Uyuni é aquele tipo de destino, dos que já foram, dos que querem ir e dos que não têm vontade de ir mesmo diante de sua extraordinária beleza.

A verdade é que o Salar de Uyuni guarda uma das paisagens mais impactantes da América do Sul. Super recomendo!

Gostaram do roteiro? Alguma dúvida?

Se gostou e quiser me acompanhar mais nas redes sociais, me siga lá no instagram @danimochilando  e veja mais fotos e dicas de viagens.

Vai Viajar? Já tem Seguro Viagem?

Nunca embarque para o exterior sem seu Seguro Viagem em mãos, eu mesma tive intoxicação alimentar como comentei no post de Cuba. O seguro é essencial não só nesse caso, como em vários outros.

Nosso blog tem parcerias com:

Seguros Promo (5% de desconto)

Real Seguro (10% de desconto)

Salve esse pin no seu Pinterest

Uyuni Pinterest


Compartilhe:

1 Comentário

  1. Samuel disse:

    Acredito que a Bolívia é um dos lugares mais incríveis do mundo!! O post relatou muito bem o local!! Parabéns

DEIXE SEU COMENTÁRIO!