BLOG

 

O que fazer em Havana: um roteiro pela capital cubana!

12 de dezembro de 2019 • Destinos • POR Daniela Marin
O que fazer em Havana
12 dez

A capital de Cuba é uma mistura de charme e decadência, realmente uma viagem de volta ao passado! Caso esteja pensando em conhecer essa cidade, não deixe de conferir esse post do que fazer em Havana.

Conhecer e explorar  Havana é algo que eu sentia que tinha que fazer e imagino que deva ser o desejo de muita gente. Sempre tive muita curiosidade e vontade de ver com meus próprios olhos como era a vida do povo cubano, além de conhecer um pouco da cultura desse país tão controverso.

Montar um roteiro de viagem demanda muito tempo e pesquisa, né? Sobretudo, elaborar um roteiro por Cuba demanda muito mais, apesar do país já ter caído na listinha de muitos mochileiros e viajantes.

Com toda a certeza, a cidade de Havana tem muitas atrações para enriquecer seu roteiro. Além disso é uma viagem muito cultural e consequentemente você não sairá indiferente após vivenciar um pouco do cotidiano cubano.

Centro Havana

Região do Parque Central

O que fazer em Havana: roteiro de 5 dias pela cidade

Você deve estar se perguntando quanto tempo seria o ideal para conhecer Havana, já que a gente sempre se pergunta isso ao elaborar um roteiro, né?

A maioria vai escolher ficar entre 2 e 3 dias na capital cubana, o que realmente é o suficiente para visitar os principais pontos turísticos. Porém, como eu falei anteriormente, eu gostaria de vivenciar o cotidiano do povo cubano e para isso nos hospedamos em 2 casas de família em Havana, inclusive foi uma experiência incrível (reservei pelo Airbnb).

Eu queria sentir o clima da cidade, passar pelos mesmos lugares várias vezes, tomar mojitos e daiquiris diversas vezes nos bares mais clássicos. Enfim, queria me perder naquelas ruelas tão pitorescas, além de observar aquele mundo tão diferente do nosso.

Portanto, nosso roteiro do que fazer em Havana foi realizado em 5 dias onde exploramos muito bem a cidade ao mesmo tempo que batemos muita perna, muita perna mesmo, pra variar….(rs)

Capitolio Cuba

Capitólio Nacional Cuba

Centro

Devido à localização da nossa primeira hospedagem em Havana, na região central da cidade, o principal ponto a ser visitado foi o Capitólio Nacional, uma réplica do Capitólio dos Estados Unidos, em Washington, DC.

Logo adiante você consegue ainda admirar a belíssima construção dos edifícios do Gran Teatro e do Hotel Parque Central que ficam cercados de carros antigos e táxis esperando os turistas para passeios. Eles estão localizados em frente do Parque Central (praça com sinal de internet para quem compra o cartão ETECSA), um dos locais mais conhecidos da cidade, um local que provavelmente você irá cruzar por diversas vezes passeando pelo centro.

Gran Teatro La Habana

Gran Teatro de La Habana

Habana Vieja

Passeando pelo centro, siga para Habana Vieja em direção a Calle Obispo, uma das principais ruas da cidade, onde carros não passam e você vai perceber o clima cheio de vida do local. Na mesma rua encontrará o Hotel Ambos Mundos, onde visitamos o rooftop para ter uma vista privilegiada da cidade e aproveitamos para conhecer o seu interior que serviu de hospedagem para o escritor Ernest Hemingway por 7 anos.

Quase em frente, você encontrará o Palácio de Los Capitanes Generales, antiga residência oficial dos governadores de Havana que hoje abriga o Museu da Cidade de Havana. Seguindo adiante,  encontra-se a Plaza de Armas, a praça mais antiga de Habana Vieja, datada de 1520. De lá, caminhe e percorra a Calle Mercaderes e Calle Obrapia que são ruas somente para pedestres que foram totalmente restauradas e se encontram repletas de museus, lojas e restaurantes.

Nessa mesma região, conheça a Plaza de la Catedral, uma das áreas que os turistas mais gostam na cidade, onde se pode visitar a Catedral de San Cristobal de La Habana.

Não deixe também de visitar uma das mais famosas ruelas da cidade, o Callejon del Choro, numa das regiões mais antigas, hoje cheia de atrações culturais e gastronômicas.

Siga pela Calle San Ignacio até chegar na Plaza Vieja, para admirar mais um pouco de edifícios antigos com arquitetura de diferentes estilos. Na mesma região conheça também a Plaza de San Francisco onde você vai encontrar a Fonte dos Leões, feita em mármore branco e símbolo de Havana, com o Convento de São Francisco que se encontra de frente para o Porto de Havana.

Old cars Havana

Habana Vieja

Plaza de La Catedral

Plaza de La Catedral

O que fazer em Havana no fim de tarde?

Para finalizar as atrações do dia, passe para visitar o  Castillo de la Real Fuerza, fortaleza mais antiga das Américas, declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. De lá, se jogue num happy hour imperdível no La Bodeguita del Medio, um boteco lotado que ficou mundialmente famoso por ter entre seus clientes o escritor Ernest Hemingway e Fidel Castro, com fama de melhor mojito de Cuba.

Se foi o melhor mojito não sei dizer, mas que foi divertido, isso foi e muito!

La Bodeguita

La Bodeguita del Medio

Vedado

Depois desse primeiro dia cheio de atrações do centro da cidade e de percorrer Habana Vieja, o que mais fazer em Havana? A cidade tem muito mais a oferecer além do seu centro histórico.

Nós acordamos cedo e fomos até o Parque Central, de onde saem passeios, se encontram muitos táxis e também o transporte que escolhemos para começar nosso segundo dia na capital cubana, o cocotaxi.

Cocotaxi Habana

Cocotaxi Havana

De lá, dentro do nosso cocotaxi, ouvindo um reggaeton na maior altura, seguimos para a Plaza de la Revolucion, que foi cenário das grandes manifestações cubanas.

Lá está o Memorial José Marti, dedicado à memória do herói nacional da independência. Vale a pena visitar, já que no alto do memorial tem um mirante de onde se tem uma linda vista panorâmica da cidade, o qual é o ponto mais alto de Havana.

Nessa mesma praça se encontram os prédios dos ministérios com as famosas imagens de Che Guevara e Camilo Cienfuegos, reconhecidos como heróis da revolução cubana.

Nós fizemos tudo de forma independente e de lá seguimos caminhando até outros pontos de interesse no bairro Vedado. Passamos para conhecer a Universidad de la Habana, a mais antiga do país e uma das primeiras do continente americano.

Também passamos só para conferir a região e a fachada do Hotel Habana Libre, um dos hotéis mais famosos do mundo, que deixou de ser turístico e abrigou o quartel general de Fidel Castro durante a revolução.

Na mesma rua do hotel você poderá provar o famoso sorvete da Heladeria Copellia, não foi o melhor sorvete do mundo, mas… (sorvete é sempre bem-vindo).

Che Guevara Cuba

Plaza de La Revolución

Camilo Cienfuegos Cuba

Viva Cuba Libre

Bairro Vedado

Malecón

Ainda no bairro Vedado,  aproveitamos também para conhecer o tão famoso Hotel Nacional…

Confesso que sonhei com esse momento, então fiz questão de ter o meu momento “turistão”, ou seja, sentei só para tomar um mojito com aquele cenário de filme de frente para o Malecón.

A maioria vai preferir pegar um táxi dessa região para voltar para o centro, porém nós optamos por caminhar pelo Malecón (vista para o mar) e quando vimos já tínhamos feito todo o trajeto de volta a pé…cerca de uns 3km.

É claro que fizemos outro happy hour imperdível no El Floridita, fundado em 1817, um dos mais tradicionais e famosos bares em Havana e conhecido como berço do daiquiri. O local era um dos lugares preferidos do escritor americano Ernest Hemignway, e lá você pode tirar uma selfie com a estátua do escritor que decora o lugar. (tem fila, óbvio!)

Malecón habana

El Malecón

El Floridita Habana

El Floridita

Daiquiri Floridita Cuba

Daiquiri Floridita

Parque Histórico Militar Morro-Cabaña

No nosso terceiro dia, pegamos um táxi e cruzamos a ponte para o outro lado da cidade de Havana em direção ao Parque Histórico Militar. Muitas pessoas preferem fazer esse passeio no final da tarde para ver o pôr-do-sol e para esperar o espetáculo de tiro de canhão que acontece diariamente as 21h com encenação histórica (cerimônia do Cañonazo de las Nueve).

Como eu sabia que ficaria lotado e eu não tinha interesse em ficar horas esperando esse tipo de espetáculo, escolhi visitar pela manhã para tentar pegar o local mais tranquilo e aproveitar a luz solar para fazer  boas fotos.

Após a revolução Che Guevara implantou ali seu quartel general e em 1986 foram iniciados os trabalhos de recuperação e transformação da fortaleza em um grande Parque Histórico Militar.

Lá pode-se visitar a Fortaleza de San Carlos de la Cabaña, no alto de uma colina, maior fortaleza do continente americano e abrigo do Museu de Fortificações e Armas e do Museu de Comando do Che. 

Nós conseguimos visitar as fortalezas, porém o Museu do Che que teoricamente abriria pela manhã, não abriu por falta de funcionários.

Na mesma região, há o Cristo de la Habana, que vale a pena mais pela vista da cidade. De lá fomos a pé até o emblemático Castillo del Morro, uma pitoresca fortaleza colonial com seu farol que é um símbolo muito apreciado nas fotos da cidade de Havana.

Portanto, não deixe de conhecer essa região pois a vista de Havana junto ao mar é fantástica!

Fortaleza San Carlos de La Cabaña

Vista do Cristo de La Habana

Castillo del Morro

Castillo del Morro

Fortaleza de San Carlos

Fortaleza de San Carlos de La Cabaña

Quer mais dicas?

Na volta, pedimos para o taxista nos deixar perto do malecón para apreciar mais um pouco a paisagem e aproveitar para caminhar pelo  Paseo Del Prado, que é um calçadão gostoso de passear que se estende até o Parque Central.

Lógico que tem mais o que fazer em Havana, você pode ainda aproveitar para visitar a Real Fábrica de Tabacos, localizada no coração de Habana Vieja, que é uma das fábricas de tabaco mais antigas e visitadas do país, onde são produzidos os charutos mais famosos de Cuba (Montecristo, Cohíba).

Ou ainda o Museo del Ron, localizado na Praça de São Francisco de Assis.  O museu possui um circuito guiado, onde é exposto o complexo processo de fabricação de Rum com máquinas antigas.

Confesso que não fomos nem de tabacos, nem de rum, passamos o resto da tarde batendo perna novamente pela ruelas de Habana Vieja e aproveitamos para conferir os produtos do Mercado Artesanal.

Paseo del Prado Habana

Paseo del Prado

O que mais fazer em Havana?

O Paladar La Guarida é um dos passeios mais clássicos de Havana e diante disso, é necessário fazer reserva. Surpreendentemente, Madonna e Beyoncé estiveram por lá, e só com essa informação, eu percebi que o local não combinava com nosso tipo de viagem….kkkkkk

O restaurante fica localizado um pouco escondido no Centro de Havana, em um palácio construído no início do século 20, com um ar de abandonado bem característico da capital cubana.

De qualquer maneira, devido à sua importância e fama, fomos conferir o local, não para almoçar, mas para fotografar suas paredes e seu mural, já que ficava bem próximo do Callejon de Hammel, local bem peculiar que gostamos muito de conhecer em Havana, com foco na cultura Afro-cubana.

No local, quase um beco, você encontra todas as paredes pintadas com arte de rua, em cores bem vivas e com frases relacionadas à religião afro-americana, além de música ao vivo.

E como viajar para Cuba é uma volta ao passado, não podemos deixar de visitar o Museu da Revolução, situado na Plaza 13 de Marzo. Não me arrependo de tê-lo visitado, apesar de ter achado seu acervo de objetos e documentos bem fraco.

As opiniões acerca do museu são bem controversas, por motivos óbvios… Porém, achamos que valia a pena conhecer pois seria um ponto turístico importante do país. De qualquer maneira, se você tiver pouco tempo em Havana, repense a visita, ok? (rs)

Museo de La Revolución

Museo de La Revolución

O passeio mais clássico de Cuba (Old Cars Havana)

O que está faltando fazer em Havana? O passeio de carro conversível que é imperdível, sem dúvidas!

Dica: vá até o Parque Central, pois lá vai encontrar um monte de gente oferecendo o serviço e dessa maneira você consegue um melhor preço (entre 30 e 50 dólares). Assim, reservamos o último dia para fazer o tão famoso passeio de carro pela manhã.

O resto do dia para voltar aos lugares que mais gostamos, repetir mojitos e daiquiris nos bares das praças mais agitadas e cheias de vida.

Como já tínhamos conhecido praticamente tudo em Havana que era do nosso interesse, pedimos ao nosso taxista um trajeto à beira-mar e que nos levasse ao bairro Miramar, lugar conhecido pelas Embaixadas.

Em síntese, o passeio dura 1 hora e passa muito rápido, pois é extremamente divertido.

Na volta, almoçamos na Calle Habana, num restaurante que o cubano que nos hospedou indicou, e que foi uma das melhores refeições da viagem. Como na região encontramos vários outros restaurantes bem agradáveis, resolvemos voltar à noite para a mesma região para jantar.

A última parada da viagem após o jantar foi na La Bodeguita del Médio…

Nada melhor do que finalizar tomando novamente o mojito mais clássico e fechar com chave de ouro.

Old Cars Havana

Passeio de conversível à beira-mar

Bodeguita Habana

La Bodeguita

O que fazer em Havana em 5 dias?

RESUMO DO ROTEIRO

  • Centro e Habana Vieja
  • Vedado e Malecón
  • Parque Histórico Militar Morro Cabaña e Paseo del Prado
  • La Guarida, Callejon de Hammel e Museu da Revolução
  • Passeio em carro conversível

Paralelamente, você pode acrescentar as Playas del Leste, situadas a 20 minutos do centro de Havana e passar o dia em Santa María del Mar. Esse trecho tem mais infraestrutura e, em vista disso, faz muito sucesso entre os turistas.

Por certo, ter um roteiro é sempre bom! Entretanto,  no caso de Havana, permita-se se perder pela cidade, percorra suas ruas, descubra ruelas e sinta o cotidiano do povo cubano.

Por fim, abra sua mente e aproveite para refletir sobre o mundo!

Cuban cigars

Charuto Cubano – Havana

Gostaram do roteiro? Alguma dúvida?

Se gostou e quiser me acompanhar mais nas redes sociais, me siga lá no instagram @danimochilando  e veja mais fotos e dicas de viagens.

Vai Viajar? Já tem Seguro Viagem?

Nosso blog tem parcerias com:

Seguros Promo (5% de desconto)

Real Seguro (10% de desconto)

Salve esse pin no seu Pinterest

Havana Pinterest Cuba


Compartilhe:

2 Comentários

  1. Deo disse:

    Adorei! Muito bom!

  2. Clair disse:

    Hello there! I could have sworn I’ve been to
    this website before but after reading through some of
    the post I realized it’s new to me. Anyways, I’m
    definitely glad I found it and I’ll be book-marking and
    checking back often!

    my blog: bandar poker online

DEIXE SEU COMENTÁRIO!