BLOG

 

Cambará do Sul: conheça 2 lindos cânions do Brasil!

4 de maio de 2020 • Destinos • POR Daniela Marin
Cambará do Sul
04 Maio

A cidade de Cambará do Sul, conhecida como a terra dos cânions, se localiza no estado do Rio Grande do Sul. A pequena cidade está no ranking dos lugares mais frios do Brasil durante o inverno.

Em Cambará do Sul estão localizadas as sedes do Parque Nacional Aparados da Serra e do Parque Nacional da Serra Geral, onde se encontram, respectivamente, os famosos cânions Itaimbezinho e Fortaleza, entre outros.

Os cânions Itaimbezinho e Fortaleza já foram cenários de várias novelas e minisséries, como por exemplo, a Casa das Sete Mulheres, produção que fez sucesso através da TV Globo.

Essa região do Brasil, situada entre os estados do Rio Grande do sul e Santa Catarina, é responsável por apresentar paisagens muito impressionantes, que todo viajante deveria conhecer: o maior conjunto de cânions da América do Sul.

Cânion Itaimbezinho

Como chegar a Cambará do Sul

Nós pegamos um voo do Aeroporto Internacional de Guarulhos até Porto Alegre, onde alugamos um carro para seguir até o destino final de Cambará do Sul, a menos de 200 km.

Seguimos sentido interior pegando a BR 290 até Gravataí, depois a estrada RS 20 até São Francisco de Paula (onde pernoitamos).  Na verdade, poderíamos ter ido direto para Cambará do Sul, mas, no nosso roteiro, encaixamos 1 dia em São Francisco de Paula, pois tinha me apaixonado pelas fotos que vi do local em diversos outros blogs de viagem.

No caminho, ainda desviamos e passamos por Gramado e fomos almoçar em Canela, só para matar a saudade dessas cidades lindas e tão amadas pela maioria dos turistas, né? Mas isso foi uma escolha nossa mesmo, um plus no roteiro. Não era o objetivo ficar passeando por lá dessa vez, pois já conhecíamos e a ideia dessa viagem era focar na região dos cânions.

Depois do almoço numa cantina italiana em Canela, seguimos para São Francisco de Paula. Somente no dia seguinte bem cedinho, pegamos a estrada direto para Cambará do Sul que se localiza a um pouco mais de 70 km de lá.

Itaimbezinho

Quando ir

O inverno é alta temporada na Serra Gaúcha, com temperaturas bem frias, em torno de 10° C (pelo menos para mim, isso é muito frio…kkkk), mas pode chegar abaixo de zero.  No entanto, os dias são mais ensolarados e as paisagens dos cânions têm melhor visibilidade.

A verdade é que nessa região chove muito o ano todo. Evite o mês de Setembro, que registra o maior volume de chuvas e, se puder, aproveite os meses mais secos que são Abril e Maio. Nós fomos no final de Maio e ainda pegamos chuva forte na última noite.

É claro que a melhor época vai depender do seu objetivo. Se o foco for fazer as trilhas e aproveitar as cachoeiras, o verão será melhor (já sabendo do risco de chuvas), pois no inverno essas trilhas não são recomendadas, além da água ser congelante.

No nosso caso, o foco era os cânions e suas trilhas, com paisagens deslumbrantes!

Cânion Cambará

São Francisco de Paula

A pequena cidade de São Francisco de Paula está localizada entre Gramado e Cambará do Sul, na Serra Gaúcha.

Conhecida como “São Chico”, oferece muita tranquilidade, além do contato com a natureza. No inverno costuma gear em dias muito frios, apresentando temperaturas negativas pela manhã.

Suas atrações são curtir o próprio clima de serra, fazer trilhas, cavalgadas, caminhar pela Avenida Júlio de Castilho, entrando nas lojinhas de artesanato ou sentar para tomar um café nas suas charmosas cafeterias (incluindo a Livraria Miragem).

Mas o principal é ficar às margens do Lago São Bernardo e contemplar a paisagem a espera do pôr do sol, que por sinal é um belo visual. O lago, cartão postal da cidade, tem 3 km de perímetro e está rodeado por araucárias.

Existem ótimas opções de hotéis e pousadas aconchegantes! Para a nossa estadia, escolhemos o Container Eco Lodge, onde os quartos são containers adaptados e super charmosos. Na verdade, o local é pequeno, simples, confortável e econômico.

São Chico

São Francisco de Paula

São Chico Serra Gaúcha

Lago São Bernardo

Cânions de Cambará do Sul

Na divisa dos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, situam-se os Parques Nacionais de Aparados da Serra e  Serra Geral. O ideal é reservar um dia para cada um.

Cambará do Sul é o principal ponto de partida para visitar toda a região, onde o visitante consegue encontrar informações turísticas e hospedagem. Nós fizemos todos os passeios por conta própria, mas é possível fazer por agências de turismo que estão espalhadas pela cidade.

A cidade é bem bucólica e conta com alguns poucos restaurantes e lojinhas. Porém, oferece variedade de hospedagens para todos os gostos e bolsos. Nós optamos pela Pousada Recanto do Lago, que se localiza a 9 km do centro. Foi um ótimo custo-benefício.

Reserve uma noite para conhecer o “Máquina do Tempo Pub”. Um bar temático dos Anos 80, cheio de referências a esse período, com cervejas artesanais e comidinhas deliciosas. Vá com tempo, e aproveite para trocar uma ideia com os simpáticos proprietários! Diversão garantida 😛

Canyon Itaimbezinho

Cânion Fortaleza

Pousada Recanto do Lago

Cânion Itaimbezinho

O famoso Cânion Itaimbezinho está localizado no Parque Nacional Aparados da Serra, aberto à visitação o ano inteiro e localizado a 18 km do centro de Cambará do Sul. A visitação pode ser feita de terça a domingo, das 8h às 17h. Não é obrigatória a presença de um guia.

Atualmente não há cobrança de ingressos no parque. O centro de visitantes oferece uma pequena estrutura com banheiros, porém não há lanchonetes, nem restaurantes. Você deve levar sua água e sua comida.

Canion Serra Gaúcha

A atração principal do parque é o Cânion Itaimbezinho, um dos cânions mais conhecidos do Brasil, com suas paredes rochosas envolvidas pela Mata Atlântica.

Por lá, existem 3 trilhas abertas ao público,: trilha do Vértice, trilha do Cotovelo e trilha do Rio do Boi.

Nós fizemos as duas trilhas da parte superior do parque, do Vértice (2 km) e do Cotovelo (6km). São trilhas extremamente fáceis, nível iniciante mesmo. A do Rio do Boi não fizemos porque é uma trilha que passa pela parte debaixo do cânion, de duração de 8 horas. Há várias cachoeiras e corredeiras durante o percurso e são necessárias várias travessias no rio, além da necessidade de guia.

A trilha do Cotovelo tem a maior parte do trajeto feita por uma antiga estrada do parque e o restante do caminho é feito pela borda do cânion, com diversas paradas em vários mirantes.

Já a trilha do Vértice, com seu percurso bem mais curto saindo da entrada do parque, possui mirantes onde é possível ver a Cascata das Andorinhas, queda de aproximadamente 200 metros de altura e a Cascata Véu da Noiva, com uma queda com 289 metros de altura.

Dica importante

Minha dica é: dedique um dia todo para essa visitação e chegue cedo para melhor visibilidade e fotos (a cerração chega forte quase todos os dias por volta das 14h). Não que irá precisar do dia todo, pois as trilhas são fáceis, porém a beleza é tanta que ir com pressa é uma verdadeira pena.

Itaimbezinho Cambará

Aparados da Serra

Véu da Noiva

Cânion Fortaleza

O espetacular Cânion Fortaleza se encontra no Parque Nacional da Serra Geral, uma unidade de conservação brasileira de proteção integral da natureza, que tem como principais atrações as trilhas do Mirante Fortaleza, da Pedra do Segredo e Borda dos Cânions.

O parque é aberto ao público de segunda a domingo, das 8h às 17h.

Seu acesso fica a 22 km (uma parte por estrada de terra) da cidade de Cambará do Sul e não há cobrança de ingressos para entrada do parque. Porém, diferente do Aparados da Serra, não conta com infraestrutura de centro de visitantes nem de banheiros. Do mesmo modo, leve sua água e seu lanchinho.

Cânion Fortaleza

A trilha do mirante do Cânion Fortaleza oferece a vista mais espetacular dos seus paredões gigantescos e de seus quase 8 km de extensão. A trilha é de dificuldade fácil e tem um percurso de 3,5 km. O pior é o vento (lá em cima venta muito mesmo) mas a paisagem é tão cinematográfica que compensa. Foi emocionante estar naquele lugar!

A dica é, na volta, seguir para as outras trilhas, com mais 3,5 km de extensão (ida e volta), que levam para a cachoeira do Tigre Preto rumo à Pedra do Segredo – um bloco monolítico de cinco metros de altura que se equilibra em uma base de apenas cinquenta centímetros.

Para chegar na Pedra do Segredo você terá que cruzar uma pequena parte pelo rio, caminhando pelas pedras, se equilibrando ou molhando os pés mesmo na friaca…kkkk Ps: meu tênis ficou encharcado, portanto, leve mais de um sapato. hehehe

Fortaleza Canion

Serra Geral Canion

Fortaleza Cambará do Sul

Região dos Cânions de Cambará do Sul

A região dos Cânions de Cambará do Sul é um lugar com muitos atrativos para quem curte estar em contato com a natureza. São várias possibilidades de trilhas tanto longas, como curtas. A região oferece pouca infraestrutura ainda, principalmente se for comparar com Gramado e Canela. Porém, o encanto do lugar está principalmente na sua rusticidade.

Qual cânion é o mais bonito? Há quem prefira o Itaimbezinho por ter uma melhor infraestrutura no parque. Já outros preferem o Cânion Fortaleza por apresentar uma paisagem mais rústica e zero infraestrutura para o turista, o que demonstra uma beleza mais selvagem. Na minha opinião, os dois são lindos e merecem demais uma visita. Recomendo muito!

Planeje bem sua ida para a terra dos cânions para conseguir apreciar sem pressa o lindo trabalho feito pela mãe natureza!

No último dia da viagem, ainda paramos para dar uma volta e almoçar em Gramado!:)

Cambará do Sul

Você pode gostar também de ler sobre:

Destinos do Quiriri – 4 cidades para se encantar em SC

Já salva esse pin no seu Pinterest:

Pinterest

Eaí? Gostaram do roteiro? Alguma dúvida?

Se quiserem me acompanhar pelas redes sociais, me sigam também no instagram @prefiromochilar e acompanhe minhas aventuras e mochilões pelo Brasil e pelo mundo.


Compartilhe:

1 Comentário

  1. Juliana disse:

    Sou louca pra conhecer essa região, que lindooo! To desde ano passado pensando nesse roteiro, quase deu a louca aqui e fomos de carro atá la, mas ai não rolou… ta no radar!

DEIXE SEU COMENTÁRIO!